quinta-feira, julho 28, 2016

Tira da prata as escórias, e sairá vaso para o fundidor. (Provérbios Cap. 25:4)



A sabedoria contida no livro de provérbios escrito por Salomão é tão significante hoje quanto era na época em que o livro foi escrito, por volta do ano de 950 A.C. No entanto, não é um panfleto sobre a prosperidade nem um guia de “como ter sucesso” no sentido mundano, fato que está em alta na atualidade. O livro mostra como ordenar os valores de alguém, o que conduz ao caráter, que conduz a integridade, que conduz a santificação. 

      Uma vez que esse livro de trinta e um capítulos contém tantas expressões que são valiosas para ser meditada diariamente, por isso seu conteúdo é relevante para todas as épocas.
      Jesus Cristo confirma a veracidade do livro de provérbios no evangelho de Lucas 11.31. Existiram ecos desse livro nas mensagens de Jesus.

No capitulo 25 e verso 4 que encontramos 4 elementos a serem analisados:

1. A prata
2. A escória
3. O vaso
4. O Fundidor

1°- A prata: Tão importante e caro quanto o ouro. Entre os utensílios do templo tinham alguns que eram de prata. Símbolo da redenção.

Prata somos nós “ainda com as escórias” sendo assim impossível brilhar ou refletir a glória de Deus.
Veja o conselho de Paulo os Coríntios “Mas todos nós, com cara descoberta, refletindo como um espelho, a glória de Deus”. 2 Co 3.18


2º- A escória: Provém do cilício, não derrete fácil, somente a 2500°c.

Para separar a escória da prata, esta deve ir ao forno, não há outra maneira de separá-lo.
A escória representa o pecado, a soberba da vida, mentira, inveja, ódio, murmuração e tudo o que não provém de Deus.

Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta. Hb 12.1


3º- O vaso: Somos nós agora “sem escórias”; De prata de ouro de barro de madeira. Que tipo de vaso eu sou? Como está o vaso; trincado, sujo sem brilho, cheio de escória? O apóstolo Paulo assegura que o fabricante do vaso tem domínio sobre ele. Rm 9.21.

Em Salmos 31.12; Davi pela opressão dos seus inimigos diz: “Sou como um vaso quebrado”. Porém passa apenas um verso e ele mesmo ressalta: “mas eu confiei em ti, Senhor, e disse; Tu és meu Deus”.A fragilidade humana é notável, porém todos podemos ser instrumentos de Deus.
Leia: 2 Co 12.9-10.

4º- O fundidor: Aquele que coloca os materiais no forno para posteriormente dar forma a eles.
Cristo perfeito sabe tudo de metalurgia é especialista em produção de peças, apenas é necessário deixá-lo trabalhar. Ele coloca o equilíbrio entre os elementos químicos do metal e se for preciso ele também ajuda a tirar toda a escória.

Só iremos vislumbrar tudo aquilo que Deus tem para nos quando permitirmos que sejam removidas as escórias e esse é um trabalho do Fundidor.

Por isso, “entrega o seu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará”. Sl 37.5

Deus te abençoe.

5 comentários:

  1. Que Palavra, Tremenda interpretação !!!
    Glória a Deus !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, acesse outras postagens, Deus tem uma palavra para seu coração!

      Excluir
  2. Que Palavra, Tremenda interpretação !!!
    Glória a Deus !

    ResponderExcluir
  3. Glória a Deus, uma mensagem tremenda.
    Parabéns

    ResponderExcluir
  4. Glória a Deus, uma mensagem tremenda.
    Parabéns

    ResponderExcluir