sexta-feira, abril 21, 2017

Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, amor e moderação. (2 Tm 1:7)


Olá amigos,
Que a paz do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo reine sobre vós!


Quero compartilhar com vocês está passagem Bíblica, nesta epístola que é um manual para os jovens ministros do Evangelho, Paulo revela mais as suas emoções do que o seu intelecto, já que se trata da última vontade e testamento do apóstolo.



No versículo acima mencionado, o apóstolo relembra a Timóteo de que a plenitude e dons do Espírito Santo nos fornecem habitação para exercemos nossos ministérios enfatizando:

(1) Não devemos ser propensos à timidez e covardia:
  •  "Quando saíres à peleja contra os teus inimigos e vires cavalos, e carros, e povo maior em número do que tu, não os temerás; pois o Senhor, teu Deus, que te fez sair da terra do Egito, está contigo" (Dt 20:1);
  •  "E continuarão os oficiais a falar ao povo, dizendo: Qual o homem medroso e de coração tímido? Vá, torne-se para casa, para que o coração de seus irmãos se não derreta como seu coração" (Dt 20:8); 
  • "Disse o Senhor a Gideão: É demais o povo que está contigo, para Eu entregar os midianitas em suas mãos; Israel poderia se gloriar contra mim, dizendo: A minha própria mão me livrou. Apregoa, pois, aos ouvidos do povo, dizendo: Quem for tímido e medroso, volte e retire-se da região montanhosa de Gileade. Então, voltaram do povo vinte e dois mil, e dez mil ficaram" (Jz 7:2-3).
b) Deus nos revestiu, através do derramamento do Seu Espírito Santo, de:
  •  Amor (gr. ágape): "Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor. Nisto se manifestou o amor de Deus em nós: Em haver Deus enviado o seu Filho unigênito ao mundo, para vivermos por meio dele. Nisto consiste o amor: Não em que nós tenhamos amado a Deus, mas que Ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados. Amados, se Deus de tal maneira nos amou, devemos nós também amar uns aos outros" (1 Jo 4:8-11);
  • Poder (gr. dunamis): "Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século" (Mt 28:18-20);                                                                       Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum. Lucas 10:19
  •  Moderação (gr. sophronismos): Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um. Romanos 12:3

Comer mel demais não é bom; assim, a busca da própria glória não é glória. Pv 25:27

Precisamos de mais Timóteo, determinados a proclamar o Evangelho com fidelidade e ousadia, como um depósito sagrado que nos foi conferido, afinal muitos Pastores estão combatendo o bom combate, isto é; acabando a sua carreira e guardando sua fé e somos os soldados que o Senhor dos exércitos passa em revista o exercito de guerra.

"Quanto a vós outros, a unção que dele recebeste permanece em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina a respeito de todas as coisas, e é verdadeira, e não é falsa, permanecei nele, como também ela vos ensinou" (1 Jo 2:27).

sexta-feira, janeiro 06, 2017

“O SELO E O PENHOR”








Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa.
 O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória. 
Ef 1.13-14  






“Sejam cheios do ESPIRITO SANTO”


O Espírito Santo é o selo de Deus sobre o Seu povo, a Sua reivindicação sobre nós como pertencentes a Ele. A palavra grega traduzida como "garantia" nestas passagens é arrhabōn que significa "penhor, entrada", isto é, parte do dinheiro de compra ou de propriedade dada antecipadamente como garantia para o resto. O dom do Espírito para os crentes é um sinal da nossa herança celestial que Cristo nos prometeu e garantiu na cruz. É porque o Espírito nos selou que temos a certeza da nossa salvação.

“Ninguém pode quebrar o selo de Deus.”

O Espírito Santo é dado aos crentes como uma "primeira parcela" para assegurar-nos de que a nossa plena herança como filhos de Deus será entregue. O Espírito Santo nos é dado para confirmar que pertencemos a Deus, o qual nos concede o Seu Espírito como um dom, assim como Sua graça e fé são dons (Efésios 2:8-9). Através do dom do Espírito, Deus renova e nos santifica. Ele produz em nossos corações os sentimentos, esperanças  desejos que são evidência de que somos aceitos por Deus, que somos considerados Seus filhos adotivos, que a nossa esperança é genuína e que a nossa redenção e salvação são certas da mesma forma que um selo garante um testamento ou acordo. Deus concede-nos o Seu Espírito Santo como o penhor certo de que somos Seus para sempre e seremos salvos no último dia. A prova da presença do Espírito é a Sua transformação no coração que produz o arrependimento, o fruto do Espírito (Gálatas 5:22-23), a conformidade com os mandamentos e vontade de Deus, uma paixão pela oração e louvor, assim como amor pelo Seu povo.

Afinal SOMOS;

Redimidos Pelo Filho:

Deus planejou a nossa salvação, para isto nós redimiu através de seu filho amado Jesus Cristo, que pagou o preço por nosso resgate, a palavra Redenção no seu termo originalmente escrito, em grego, tem três sentidos;

1º Agorazo: Comprar no mercado de escravo;

2º Exagorazo: Retirar da escravidão, por transação;

3º Lutroo:comprar comprar escravo e dar lhe plena liberdade.

O Preço da Redenção;

Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver, que por tradição recebestes dos vossos pais, mas com precioso sangue, como de um cordeiro sem defeito e sem mancha, o sangue de Cristo, (1Pe 1.18-19)

Salvos, pela FÉ;

Mas, a todos quantos o receberam, aos que creem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus. Jo 1.12  

Deus nós deu um novo nome, uma nova identidade, uma marca autentica;

·         O seu Corpo (Cristo);
·         Sua Minha Igreja;
·         Geração Eleita;
·         Sacerdócio real;
·         Nação Santa;
·         Povo Adquirido;
·         Sois povo de Deus, e por fim Noiva de Cristo que será arrebatada.

ATRAVÉS DE JESUS SOMOS:
·
Ø Libertos do Poder da Culpa; Quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará das obras mortas a vossa consciência, para servirdes ao Deus vivo? (Hb 9.12 )

Ø Libertos do Poder das Trevas; E que nos tirou do poder das trevas, e nos transportou para o reino do seu Filho amado; (Cl 1.13)

Ø Libertos do poder do Pecado; Que se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniquidade. (Tt 2,14)

SOMOS SELADOS COM O ESPIRITO SANTO;

A expressão SELADOS no grego e Sfalgis, Isto é; Fechar para Guarda e Proteger, o selo do Espirito Santos marcar, autêntica, assegura e protege.

É Deus dizendo; Está marcado pelo sangue redentor, ninguém toca nele não, pertente a mim.  

O Espírito Santo na Epístola de Éfeso;

A)  No versículo 14 do primeiro capitulo identificamos que; ELE NOS AJUDA A ESPERAR O ARREBATAMENTO.
     Mas o Ajudador, o Espírito Santo a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto eu vos tenho dito. Jo 14.26
B)  No versículo 17 do primeiro capitulo identificamos que; “ ELE EO ESPIRITO DE SABEDORIA E DE REVELAÇÃO”
C)  No versículo 18 do segundo capitulo identificamos que; “POR ELE TEMOS ACESSO AO PAI”
D)  No versículo 16 e 20 do terceiro capitulo identificamos que; “ELE OPERA COM PODER NO HOMEM INTERIOR”
E)  No versículo 3 do quarto capitulo identificamos que; “ELE GERA “UNIDADE” “O VINCULO DA PAZ” Leia; JO 14.27.
F)  No versículo 30 do quarto capitulo identificamos que; “ELE TEM CIUMES PODE ENTRISTECER”
G) No versículo 18 do quinto capitulo identificamos que; “ELE E TEU ” E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito;

“Sejam cheios do ESPIRITO SANTO”


Saudações em Cristo,

Evangelista J.Herculano



Culto da Vitória