sexta-feira, março 20, 2015

AS TRES DIMENSÕES DAS BENÇÃOS DIVINAS




Pelo Deus de teu pai, o qual te ajudará, e pelo Todo-Poderoso, o qual te abençoará com bênçãos dos altos céus, com bênçãos do abismo que está embaixo, com bênçãos dos seios e da madre. (Gênesis 49:25)







AS REGRAS PARA O USUFRUTO DAS BENÇÃOS TRIDIMENSIONAIS:

a) não deixar a alma ser impregnada de amargura, v.23a, ou seja, deve ser feita a oração do salmista, Sl 25.20 “Senhor guarda a minha alma...”;

b) a responsabilidade da guarda da alma é pessoal, Pv 4.23. Jesus, enquanto humano, tomou a iniciativa de oferecer perdão aos seus agressores;

c) deve ter a consciência de que o perdão é proporcional. Na oração-modelo, Jesus ensinou a proporcionalidade: “...perdoa-nos as ofensas, assim como...”, Mt 6.12. Ele, ainda, reiterando o assim como do perdão, disse que o nosso Pai celestial nos perdoará as nossas ofensas, se perdoarmos os que nos ofendem, Mt 18.23-35;

d) quando e se perseguido sem causa, não deve retribuir, Mt 5.11,12; e) como José, deve ter a consciência que vingança pertence a Deus, Gn 50.15-21, “pois a ira do homem não opera a justiça de Deus, Tg 1.19,20.

O CRENTE VIVENCIANDO AS “BENÇÃOS DOS CÉUS EM CIMA”

a) Ensina-nos Tiago, que “toda boa dádiva e todo dom perfeito é lá do alto, descendo do Pai das luzes...”, Tg 1.17;

b) Por esta razão, Paulo exortou aos colossenses que “buscassem as coisas que são de cima”, Cl 3.1,2;

c) Como as bênçãos de cima vêm de Deus, é necessário que estejamos em paz com Deus, como José estava: “...pelas mãos do Poderoso de Jacó, o Pastor, o Rochedo de Israel, pelo Deus de teu pai...e pelo Todo-poderoso o qual te abençoará,...”v.25;

d) Segundo o apóstolo Paulo, quem é abençoado com as “bênçãos de cima”, vive em uma dimensão que ele a chamou de “regiões celestiais em Cristo”, Ef 1.3. Longe de ser uma localização geográfica ou física, é um estado ou dimensão espiritual inalcançada pelo carnal, Ef 6.12;

e) Por isto, José não se deprimiu nem se abateu ante a maldade de seus agressores, porém, até conseguiu visualizar a maldade deles como instrumento de realização de um projeto divino em sua vida: “Deus me enviou adiante de vós a fim de conservar vossa sucessão na terra,...”, Gn 45।5,7, concluindo: “Assim, não fostes vós que me enviaste para cá, senão Deus,...”, 45.8.

O CRENTE VIVENCIANDO AS “BENÇÃOS DO ABISMO QUE JAZ EMBAIXO”

a) Segundo Jesus, o Pai celestial, como criador, as envia a todas as suas criaturas, independente do estado espiritual destas, Mt 5.45. São as bênçãos designadas como gerais, tais como a benção da reprodução humana, da submissão das criaturas ao homem, da alimentação, Gn 1.28,29;

b) Porém, há bençãos materiais especificas para aquele que teme a Deus. No Egito, enquanto a nação sofria com as pragas, o povo israelita estava livre delas, Ex 8.22,23; 9.4. A benção do livramento de acontecimentos que atingem uma população ímpia, Sl 91.9-13;

c) Normalmente, as bênçãos materiais são concedidas ao crente como resultado de uma ação divina dentro de um projeto divino específico. Jacó na casa de Labão, Gn 30.31-43.

O CRENTE VIVENCIANDO “AS BENÇÃOS DOS SEIOS E DA MADRE” OU AS BENÇÃOS DE UMA FAMILIA ABENÇOADA

a) Nesta dimensão, Jacó disse a José que ele seria ajudado pelo “Deus de teu pai”, v.25. Quando Deus falou a Moisés no monte, identificou-se, primeiramente, como “Eu sou o Deus do teu pai,...”, Ex 3.6. Ou seja, a conduta espiritual do cabeça da família, em determinado momento, serve como referência espiritual e canal de bênçãos para todos os membros;

b) Dependendo do Altíssimo, todo humano terá uma vida familiar sossegada, Sl 128; Pv 18.22;

c) Quando as bênçãos divinas vêm, até os agregados (genro e nora) são motivo de alegria, Rt 1.16,17; 4.13-16. Ao revés, quando falta benção, os agregados servem de amargura de espírito, Gn 26.34,35;; d) os descendentes são alcançados pelas bênçãos da família: Ismael, filho de Abraão, gerado fora do casamento, não foi destruído, exclusivamente, em razão de ser filho de Abraão, Gn 17.20; 21.13,17-18;

e) Finalmente, Jó é outro exemplo de que, quando as bênçãos dos seios e da madre estão presentes, a vida familiar pode ser restaurada, 42.13-15.

Nenhum comentário:

Postar um comentário